sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

JESUS ESTÁ

Quando a mente está fechada
Não se entende mesmo nada...
A multidão uma só grei
Que fazer Jesus o rei;

Quem pode a fome saciar
Este pode governar.
Um fato extraordinário
Fornecia o cenário

Para a ação libertadora
Da Roma diminadora.
Pães e peixes e a oração...
Incrível multiplicação!

Todo o povo é despedido
E os doze impelidos
Pra sairem com o barquinho...
E Jesus ficou sozinho

Para abrir o coração
Ante o Pai, em oração.
Forte vento então soprava
E o barco soçobrava

Ficaram desorientados
E também apavorados
Nada os entusiasma
Jesus vira um fantasma.

Dois mil anos são passados
E este ainda é o estado
Em que se encontra muita gente
Não consegue ir em frente

Temerosos, assustados,
Ficam imobilizados
Não é um reino aqui na terra
A razão da nossa guerra.

E na hora mais sombria
Temos dEle a companhia
Que retira todo o medo
Ele está. Este é o segredo.

Gilberto Celeti


quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

O PÃO!

Pra si mesmo não quis não,
Transformar pedra em pão.
Resistiu à tentação!
Mas cheio de compaixão
Com a fome da multidão,

Fez a multiplicação,
Saciou-os, pois, com pão,
Que sobrou até um montão.
“Ele é o Rei desta nação!”
Fizeram a proclamação.

Oh! Que forte tentação
Pra desviá-lo da missão
De trazer a salvação,
Não da fome de um pão
Mas fome do coração.

Afastou-se de suas mãos,
Deu-lhes tal explicação
Que espantou a multidão,
Falou da sua encarnação,
Anunciou Sua expiação,

Indicou a ressurreição
E Sua glorificação;
Deixou clara a eleição,
Provocou murmuração.
Dispersou-se a multidão,

O silêncio reina então,
Só os doze com Ele estão
Que mostram convicção
Em Jesus e Sua missão.
Mas num deles há traição...

Gilberto Celeti

O Milagre da multiplicação dos cinco pães e dois peixes foi narrado por todos os evangelistas.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

JESUS INICIA SEU TRABALHO


Jesus fez a sua estréia
Na região da Galiléia
E cumpriu a profecia
De Isaías que dizia:
Na terra de Zebulom
Do outro lado do Jordão,
Onde mora toda gente
Em profunda escuridão
Vai brilhar uma forte luz.
Pois pra lá é que foi Jesus!

Esta era sua mensagem
Anunciada com coragem:
Arrependam-se depressa
Dos pecados cometidos,
O reino de Deus se apressa
Não os encontre endurecidos,
Abandonem o pecado
Que destrói e que engana,
Venham ser abençoados
Por Deus Pai que tanto os ama!

E não só os ensinava
Como a muitos os curava
De graves enfermidades
E até os dominados
Por demônios asquerosos
Eram também libertados.
E então grande multidão
O seguia em toda parte,
Sua mensagem e sua ação
Era um forte estandarte!

Gilberto Celeti

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

NATAL – COMO CHEGAR?


Revelado amplamente
O nascimento do menino:
Por anjos cantando o hino
Com mensagem surpreendente;
Pela estrela reluzente
Que os sábios do Oriente,
Conduz com reais presentes:
Ouro e incenso e mirra.

Os escribas tão descrentes
Reconhecem a profecia,
Mas ela não é o seu guia.
Eles são indiferentes,
Sofrem forte letargia.
E de Herodes e sua gente
Grande ira se acirra.

Veja o quadro tão completo:
Anjos, magos e pastores,
Homens nobres e doutores,
Uns adoram humildemente
Outros violentamente
Querem destruir a vida
E de maneira atrevida
Mostram toda a sua birra.

Esta cena é repetida
Cada ano no Natal
Há quem o ache tão banal
Que a data quer destruída
E a deturpa totalmente
A Jesus é indiferente
Dele não faz caso não.

Outro há que reverente
Aproxima-se encantado
Vendo o Verbo encarnado
E lhe dá alegremente,
Arrependido, respeitoso,
O presente mais valioso,
Todo o seu coração.

Gilberto Celeti

domingo, 26 de dezembro de 2010

VOZ QUE CLAMA NO DESERTO

João é a voz que no deserto
Em tom bem alto anuncia:
Do juízo chega o dia,
O Senhor está bem perto;

É chegado o momento,
Os pecados confessai,
O caminho endireitai,
É hora de arrependimento.

João Batista testifica
E aponta quem é o enviado,
Que vai tirar o pecado
Qual Cordeiro, ele explica.

Percursor maravilhoso
Que nas trevas mostrou luz,
Que apontou só pra Jesus,
Seu trabalho foi precioso.

Pra si mesmo não quiz glória,
Não quiz ter dignidade,
Foi um exemplo de humildade,
Voz que clama - eis sua história!

Nesta hora é urgente
Esta mensagem ser ouvida
A humanidade está perdida
João clame novamente:

Venha a Cristo arrependido,
Ninguém brinque com o pecado,
Tenha o coração mudado,
Seja por Jesus remido.

Também hoje esta é a mensagem,
Salvação é só em Cristo!
Ninguém vos afaste disto,
Fora disto é sabotagem.

Estar com Jesus unido
E do Espírito habitado,
Livra de ser enganado,
E pelo erro ser vencido.

Gilberto Celeti

sábado, 25 de dezembro de 2010

Natal é para os humildes!


Eram só pobres pastores
Totalmente embevecidos
Com o que presenciaram.
Não estão os refletores,
Sobre os grandes, acendidos.
Nos humildes, sim, focaram.

E aquela bênção antiga
Pelos séculos guardada
Tem agora o cumprimento
E lá dentro da barriga;
Uma vida é gerada.
Cumpre Deus o Seu intento.

Era pois o tempo certo
Deus envia o próprio Filho
E cumpre a sua promessa
Pastores boquiabertos
Homens pobres, maltrapilhos,
À Belém, correm às pressas.

E até hoje é surpreendente
Que este Santo e real mistério
É pra humildes revelado.
Homens que se tornam crentes
Que levam a mensagem à sério,
Que são por Deus transformados.

Tendo o Filho, então, nos dado,
Deus com Ele nos dá tudo,
E Seu Espírito em nós vive.
Quem a Cristo tem achado
Não pode mais ficar mudo
Conta porque está livre.

Gilberto Celeti

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

JOSÉ O HOMEM POR DEUS PREPARADO


Para executar um plano inusitado
Foi José o homem por Deus preparado;
Como ferro que no fogo é bem forjado,
Desde pequenino foi José provado.

Foi em toda sua vida injustiçado,
Pelos seus irmãos ele foi odiado;
Longe de tornar-se um homem amargurado,
Bem sabia que era um vocacionado.

O seu povo que seria exterminado,
Por seu intermédio foi é preservado.
O escravo que chegara amarrado
No Egito, está no trono assentado.

Seus irmãos que tanto o haviam maltratado,
O miraram e ficaram assustados,
“Olha onde o sonhador tinha chegado”
E achavam que seriam castigados.

Na verdade tudo fora preparado
Por Deus, que falara aos seus antepassados
Prometendo deste povo ter cuidado,
Os Seus planos nunca podem ser frustrados.

José neste fato estava bem firmado,
Seus irmãos foram por ele perdoados,
Israel foi por José alimentado,
Tudo Deus tem, na verdade, controlado.

Gilberto Celeti

“Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; porém Deus o tornou em bem, para fazer, como vedes agora, que se conserve muita gente em vida” (Gênesis 50.20).

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

JACÓ O HOMEM QUE LUTA


Há uma marca bem patente
Em Jacó – a sua luta!
Mesmo estando ainda no ventre
Com o irmão já tem disputa.

Sua luta é muito dura
Para ser abençoado
Com a primogenitura:
O seu pai é enganado.

Luta furiosamente
Para obter riqueza,
E também enganosamente
Ao seu sogro ele despreza.

Luta até com Deus, bem forte,
Em si mesmo só confia,
Faz de si mesmo o norte,
Anda sempre em rebeldia.

Quebra Deus sua resistência,
Pois Jacó fica mancando,
Vai agora em obediência,
Ao Senhor servir, honrando.

No lutar com Deus, dois lados:
O de Deus que nos quebranta,
Que nos deixa humilhados,
Seu querer em nós implanta.

E em nós a experiência
De buscar e orar a beça
De lutar com persistência
Pra alcançar Suas promessas.

Gilberto Celeti

“... Já não te chamarás Jacó e sim Israel, pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens e prevaleceste” (Gênesis 32.28).

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

ISAQUE E SUA DESCENDÊNCIA


Certo dia o riso da incredulidade
Transformou-se em riso de celebração
Foi provada, de Deus, a fidelidade,
Deus à esterilidade disse um “Não”!

Era um povo tendo agora o seu natal,
Pois chegou Isaque, o filho da promessa,
Foi seu nascimento sobrenatural
Deus cumpre seus planos e o faz sem pressa.

E mais tarde estando Isaque já crescido
Teve experiência dura, sem igual,
Pelo pai, no altar, e sendo oferecido,
Livre foi da morte sacrificial.

E na idade adulta o seu casamento,
Providencialmente foi realizado,
Era Isaque um homem que a cada momento
Nas bênçãos de Deus estava descansado.

E como sua esposa filhos não lhe dava,
Como então, uma nação se formaria?
E Isaque então por sua mulher orava,
Confiante sim que Deus responderia.

E Rebeca enfim ficou engravidada
Não apenas um mais dois filhos no ventre,
E uma luta entre os dois era travada,
Mas não era o primogênito a semente.

Isaque e Rebeca tomaram partido,
Esaú, pra Isaque era o preferido,
Mas Jacó, de fato, era o prometido,
Que foi por Rebeca sempre protegido.

E apesar do pai não estar submetido
À clara vontade por Deus revelada,
O plano de Deus vai ser desenvolvido,
A nação será só em Jacó formada.

Gilberto Celeti

“E ainda não eram os gêmeos nascidos, nem tinham praticado o bem ou o mal (para que o propósito de Deus, quanto à eleição, prevalecesse, não por obras, mas por aquele que chama), já fora dito a ela (Rebeca): O mais velho será servo do mais moço. Como está escrito: Amei Jacó, porém me aborreci de Esaú” (Romanos 9.11-13).

domingo, 21 de novembro de 2010

ABRÃO MUDADO PARA ABRAÃO

Tinha Abrão noventa e nove anos, idoso;

E seu nome foi para Abraão mudado.

O Senhor diz: “Sou Deus Todo poderoso,

Anda em minha presença com todo cuidado”.


Entre Deus e Abraão é feita uma aliança

E promete Deus que Abraão será fecundo,

Mesmo não tendo ainda uma criança,

Dele muitas nações povoarão o mundo.


E havia um sinal nesta aliança,

Todo filho seria circuncidado.

E Abraão encheu-se de grande esperança,

Mesmo sendo velho, impossibilitado.


Eis ali um homem idoso e sem terra,

Habitando em tendas simples, peregrino;

Que com fé e paciência em Deus espera,

Onde passa adora a Deus e canta um hino!


Gilberto Celeti


“Abrão já não será o teu nome e sim Abraão; porque por pai de numerosa nações te constitui” (Gênesis 17.5).


segunda-feira, 8 de novembro de 2010

ABRÃO FOI CONVOCADO

ABRÃO FOI CONVOCADO


Um caldeu chamado Abrão
E que foi por Deus chamado
Pra formar uma nação
Ser por Deus abençoado.


Olhe a praia, quanto areia!
Olhe o céu, quanta estrela!
Sua descendência, creia,
Numerosa vou fazê-la!


E esta bênção não seria
Só pra si, unicamente,
Pois a bênção alcançaria
Todo mundo, toda gente.

Abraão foi convocado
Pra missão universal,
Ficou assim engajado
Numa guerra contra o mal.

Tudo ele deixou pra trás
Rumo ao desconhecido,
Mostrou uma fé tenaz
No que lhe foi prometido.

Ser peregrino confessa,
E onde chega a Deus adora,
Pra o futuro é a promessa,
Sabe que não é pra sua hora.

Há um grande impedimento,
Em Sara esterilidade,
Como vai ter nascimento?
Como ter posteridade?

Mas nos dias da velhice,
Contra toda esperança,
Deus bem cumpre o que disse,
Chega o riso, a criança!

Gilberto Celeti

"Certo dia o Senhor Deus disse a Abrão: Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa do seu pai e vá para uma terra que eu lhe mostrarei. Os seus descendentes vão formar uma grande nação. Eu o abençoarei , o seu nome será famoso, e você será uma bênção para os outros" (Gênesis 12.1,2).

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

BABEL





















Não é errado construir uma cidade,
E muito menos uma torre construir,
A falha está na busca da celebridade,
E ao Plano do Senhor se opor e obstruir.

As suas ordens foram claras, explicadas,
Que a terra fosse totlamente habitada,
E pelo engenho humano bem subjugada,
A arrogância não seria tolerada.

O que deviam fazer voluntariamente,
Por terem por Deus sua linguagem confundida,
Tiveram que fazer imediatamente,
E as nações foram, de fato, ali nascidas.

E sendo assim, por toda terra dispersados,
Será preciso que esta história se repita?
Que se obedeça apenas quando é aplicado,
O juízo do Senhor que certo nos visita?

Hoje há uma ordem de seguir por todo mundo,
E de pregar o evangelho a toda gente,
E muitos são que se apresentam vagabundos
E não demonstram que a Deus são obedientes.

Há um desejo de construir o próprio nome
E edifícios suntuosos são erguidos;
O mundo não conhece a Cristo e passa fome,
Com um vazio na alma e vida sem sentido.

Enquanto muitos se encontram acomodados
Ao som de seus louvores ficam entorpecidos;
Há muita gente mergulhada no pecado,
São tantos os que vão pra o inferno, estão perdidos.

Entre Babel e Laodicéia há semelhança
E é preciso sobre isto estar alerta;
Ó Deus levanta os que em Ti só têm confiança!
Ó Deus faz Tua igreja santa bem desperta!

E como foi no Pentecostes que aconteça,
Que em toda língua Tua mensagem se conheça,
Que seja afastado tudo que o impeça,
Que em todo mundo a Tua glória apareça.

Gilberto Celeti

"Agora vamos construir uma cidade que tenha uma torre que chegue até o céu. Assim ficaremos famosos e não seremos espalhaods pelo mundo inteiro" (Gênesis 11.4).

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

RECEBER O REINO DE DEUS COMO CRIANÇA!


Cristo fica aborrecido,
Na verdade, indignado
Ao ver serem repelidos
Pequeninos, que levados
Por seus pais ou seus parentes
Eram a Ele encaminhados
Para serem tão somente,
Por Suas mãos abençoados.

Nunca, nunca, façam isto,
Não impeçam as crianças
De chegarem a Jesus Cristo.
Tenham sempre na lembrança
Que pra ter no Reino entrada
Tem que ser tal qual criança.
Não há outro jeito, nada,
Pra desfrutar desta herança.

E ali naquela hora
Foram todas abraçadas,
Jesus Cristo sem demora
Quiz tê-las abençoadas.
Reino de paz, de alegria,
De beleza e santidade,
Pra quem em Cristo confia,
E o recebe de verdade.

Gilberto Celeti

"Depois disso algumas pessoas levaram as suas crianças a Jesus para que ele as abençoasse, mas os discípulos repreenderam aquelas pessoas. Quando viu isso, Jesus não gostou e disse: Deixem que as crianças venham a mim e não proíbam que elas façam isso, pois o Reino de Deus é das pessoas que são como estas crianças. Eu afirmo a vocês que é verdade: quem não receber o Reino de Deus como uma criança nunca entrará nele. Então Jesus abraçou as crianças e as abençoou, pondo as mãos sobre elas" (Marcos 10.13-16).

terça-feira, 19 de outubro de 2010

DEPOIS DO DILÚVIO


O dilúvio deixou tudo inundado
Mas na arca a vida ficou preservada,
Homens e animais ali acomodados
É que a terra deixariam povoada.

Quando finalmente sairam da arca,
Um altar a Deus, Noé edificou.
Uma aliança Deus fez e deixou a marca
No arco-íris que nos céus Deus colocou.

Quando o céu é escuro e ameaçador
O arco-íris aparece tão bonito;
Deus misericordioso e benfeitor!
É o que fala este sinal. Este é o seu grito!

Deus preserva tuda a Sua criação,
Noite e dia se sucedem em harmonia,
Regulares sempre seguem as estações,
Há na natureza sábia sinergia.

E a imensa quantidade de nações
Que se vê na terra tão disseminadas,
Com dificuldade em suas relações,
Com a paz a cada dia ameaçada;

Tem, de fato, todas uma só origem,
Em Noé se vê a ancestralidade;
Vê-las todas como irmãos e o que exigem,
O bom senso, o respeito e a caridade.

Sem, Jafé e Cão, e os seus descendentes,
Se espalharam a partir do Ararate;
Vários clãs formaram-se rapidamente,
Desprezarem-se, brigarem, é um disparate.

Com Noé Deus fez preciosa aliança
Que se estende a todos os seus descendentes,
Cada povo pode em Deus ter confianá
Que Ele a todos abençoa igualmente.

E um fato que é deveras surpreendente
É a unidade que se encontra em Cristo,
Não importa a cor e a raça, tão somente,
Em Jesus um novo povo é que é visto.

Povo que ama mesmo até seus inimigos
E que pelo amor de Deus foi alcançado,
Que trabalha pra que os povos achem abrigo
No eterno Deus e em Cristo, o Filho amado!

Gilberto Celeti

"Tenham muitos filhos, e que os descendentes de vocês se espalhem por toda a terra. Deus também disse a Noé e aos seus filhos: Agora vou fazer a minha aliança com vocês, e com os seus descendentes..." (Gênesis 9.7-9).
"São essas as família dos filhos de Noé, nação por nação, de acordo com as várias linhas de descendentes. Depois do dilúvio todas as nações da terra descendem de Noé" (Gênesis 10.32).

terça-feira, 12 de outubro de 2010

PERÍODO ANTIDELUVIANO


Cresce assustadoramente a iniquidade,
Fica todo ser humano corrompido,
Certos anjos tomam outra identidade,
E se tornam, das mulheres, seus maridos.

Há no coraçào de Deus grande tristeza,
E decide dar um fim a toda gente,
Pois no coração humano há hediondeza,
Não há como suportar nem ser clemente.

O juízo pelas águas será feito,
Tudo quanto existe será submerso,
Só Noé, diante de Deus, homem direito,
É obediente ao Criador do universo.

Há de ser, com sua família, preservado,
E recebe de Deus claras instruções,
E faz tudo como lhe fora ordenado,
Enfrentando zombaria e oposições.

Na depravação que é generalizada,
Há um homem cuja vida se destaca;
No andar com Deus sua vida é estruturada,
Deus o chama para construir a arca.

No período em que a arca é construída,
Claramente uma mensagem anunciava:
"O juízo de Deus chegará um dia!",
Mas ninguém com esta verdade se importava.

Jesus conta este fato e adverte,
Haverá um julgamento no futuro;
Mas o ser humano apenas se diverte,
Displicente, negligente, imaturo.

E assim como nos dias de Noé,
O juízo pega a todos de surpresa,
Uma geração que é má e não tem fé,
Vai perder-se eternamente, com certeza.

Gilberto Celeti

"Deus disse a Noé: Resolvi acabar com todos os seres humanos. Eu os destruirei completamente e destuirei também a terra, pois está cheia de violência. Pegue madeira boa e construa para você uma grande barca" (Gênesis 6.13,14).

terça-feira, 5 de outubro de 2010

A LINHAGEM DE SETE


De Adão e Eva em grande quantidade,
Meninos e meninas são gerados,
Por ser tão grande a longevidade,
O mundo ficou logo povoado.

Um filho de Adão é destacado,
Seu nome é Sete e em seus descendentes,
O nome do Senhor é invocado,
Se adora a Deus de modo reverente.

Na socieade aumenta a violência,
E os corações ao mal são inclinados,
É tão acentuada a decadência,
E o pecado está descontrolado.

Mas na linhagem onde Deus é amado,
Enoque se destaca grandemente;
Andou com Deus e até foi trasladado,
Viveu contra a maré, foi diferente.

Gilberto Celeti

"Esta é a lista dos descendentes de Adão... Enoque viveu trezentos e sessenta e cinco anos. Ele viveu sempre em comunhão com Deus e um dia desapareceu, pois Deus o levou" (Gênesis 5.1, 27)

sábado, 2 de outubro de 2010

A ERA PÓS CAIM


A ERA PÓS CAIM

Em Caim e sua descendência
Surgem homens criativos,
Mostram grande inteligência,
Apresentam-se ativos.

Construtores da cidade,
Fabricantes de produtos,
Para a engenhosidade,
Mostram-se bem resolutos.

Desenvolve-se a cultura,
Mas o triste e vil pecado
Ganha tal desenvoltura
Que há homicídios praticados

Por um nada, sem razão,
Sentimentos de vingança
É que dominam o coração,
E a maldade então avança...

Gilberto Celeti

“Caim e a sua mulher tiveram um filho e lhe deram o nome de Enoque. Mais tarde Caim construiu uma cidade e a chamou de Enoque, o nome do seu filho.... Lameque (4ª. geração após Caim) disse às suas mulheres:... Matei um homem porque me feriu, matei um moço porque me machucou...” (Gênesis 4.17-23).

terça-feira, 28 de setembro de 2010

QUAL A SUA OFERTA?


Dois irmãos, de Deus, querem aproximação,
E ofertas fazem a Deus com alegria,
Mas importa é ter correto o coração,
E andar com Deus em plena harmonia.

Em Abel se vê a fé e a obediência,
E por Deus sua oferta foi apreciada,
Percebeu-se em Caim a displicência,
A Palavra do Senhor foi rejeitada.

E Caim perdeu a oportunidade
De fazer aquilo que era justo e reto,
Seu irmão matou, de modo tão covarde,
Pois de ódio e do mal ficou repleto.

De que lado se encontra a humanidade?
De Caim, o religioso, mas sem fé?
Que não busca a Deus baseado na verdade?
E que age como pensa e como quer?

Ou do lado de Abel, que em confiança,
Aproxima-se com o sangue do Cordeiro,
Como base única de sua esperança,
Pra chegar-se a Deus perdoado e parceiro?

Gilberto Celeti

“O tempo passou. Um dia Caim pegou alguns produtos da terra e os ofereceu a Deus. Abel, por sua vez, pegou o primeiro carneirinho nascido no seu rebanho, matou-o e ofereceu as melhores partes ao Senhor. O Senhor ficou contente com Abel e com a sua oferta, mas rejeitou Caim e a sua oferta” (Gênesis 4.4).

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

A MULHER E A SERPENTE

Entre a mulher e a serpente

Fica colocada a inimizade;

Para todos os seus descendentes

Sempre haverá hostilidade.


Muito atrito e muito sofrimento

No desenrolar de toda história;

Até que, no último momento,

Haja um que alcançará vitória.


Da mulher um filho vai nascer

Que a serpente dará mortal golpe,

Mas seu pé ferido há de ser,

Da serpente virá contragolpe.


Lá na cruz, de modo decisivo,

É que foi o diabo derrotado,

Sim, Jesus morreu, mas redivivo,

A vitória tem assegurado.


Gilberto Celeti


“Eu farei com que você e a mulher sejam inimigas uma da outra, e assim também serão inimigas a sua descendência e a descendência dela. Esta esmagará a sua cabeça, e você picará o calcanhar da descendência dela” (Gênesis 3.15).

sábado, 18 de setembro de 2010

DEMONSTRAÇÃO DE GRAÇA


DEMONSTRAÇÃO DE GRAÇA

Terrível situação foi percebida
No instante em que mostraram rebeldia,
A morte é que escolheram não a vida;
A nuvem era pesada e sombria.

Como é que o homem iria suportar
A culpa dentro de sua consciência?
E a nudez que estava a incomodar?
E a vergonha desta experiência?

Mas Deus numa demonstração de graça,
Em busca vem do homem, tão perdido,
E com misericórdia o abraça,
Fazendo para o homem um vestido

De peles de animais confeccionado,
Que deu ao homem, então, uma cobertura.
O sangue que ali foi derramado
Cobria o mal deixando a alma pura.

Gilberto Celeti

“E o Senhor Deus fez roupas de peles de animais para Adão e a sua mulher se vestirem” (Gênesis 3.20).

domingo, 12 de setembro de 2010

CONSEQUÊNCIA DA QUEDA - 2




Quando Adão e Eva desobedeceram,
Bem depressa, de Deus, eles se esconderam;
Foi com Deus quebrado o relacionamento,
E buscaram, então, de Deus, o isolamento.

Foi rompida a unidade conjugal,
Já não viam um ao outro como igual,
Por Adão seria a Eva dominada,
E com dores chegaria a filharada.

E o jardim que deveria ser cuidado
Pelo homem e, com alegria, cultivado,
Teve o solo, num instante, amaldiçoado.

Com esforço árduo e com sofrimento
É que o homem ganharia o seu sustento.
Rompeu-se, com a criação, o entrosamento.

Gilberto Celeti

“E à mulher, disse: Multiplicarei sobremodo os sofrimentos da tua gravidez; em meio de dores darás à luz filhos; o teu desejo será para o teu marido, e ele te governará. E a Adão disse: Visto que atendeste a voz de tua mulher e comeste d árvore que eu te ordenara não comesses, maldita é a terra por tua causa; em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida” (Gênesis 3.16,17).

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

CONSEQUÊNCIA DA QUEDA - 1


Quando o fruto é comido
Algo nunca percebido
Se instala em sua mente
Tudo fica diferente.

Com a consciência aberta
Faz a dura descoberta
Que agiu com insensatez
E percebe a sua nudez.

É difícil encará-la,
Acha melhor adorná-la,
E com vestido de folhas
Quer esconder sua escolha.

Em ser "deus" o homem sonha,
E se instala a vergonha,
Não encara a própria culpa,
Busca logo uma desculpa.

Nisto fica especialista
Não tem fim a sua lista,
Não assume o próprio ato,
Culpa o outro pelo fato.

A mulher foi que errou...
A serpente me enganou...
Este é o meu temperamento...
Sou assim de nascimento...

Foi assim que fui criado,
E não posso ser cobrado.
Cheio deste sentimento,
Não há arrependimento.

Uma queda retumbante
Teve o homem, num insante.
Do Criador afastado,
Deu entrada ao pecado.

Gilberto Celeti

"Os olhos dos dois se abriram, e perceberam que estavam nus; então juntaram folhas de fiqueira para cobrir-se" (Gênesis 3.7).

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

A GRANDE MENTIRA

“Como Deus, sereis”, foi a grande mentira,

Que a serpente introduziu no coração.

“Coma a fruta proibida e confira,

Para que vier em subordinação?”


Agradável, atraente, desejável,

Ter discernimento só com uma mordida,

E tornar-se como Deus; isto é saudável.

E à tentação, foi dada acolhida.


Não tornou-se como Deus e afastou-se

Do propósito pra o qual fora criado,

Para si e a sua descendência trouxe,

Morte e toda conseqüência do pecado.


Como Deus já eram num certo sentido

Pois criados foram à Sua semelhança,

Desfrutando do que tinham recebido,

Tinham a perfeita bem-aventurança.


Somente o Senhor é Autosuficiente,

Nunca alguém ser como Ele poderá.

Quando o homem é obediente e dependente,

É que o alvo de sua vida encontrará.


Esta tentação de ter independência,

De querer viver sem Deus, com arrogância,

É de fato, do pecado, a essência,

Deixa o homem com o universo em dissonância.


O homem não é dono de sua própria vida,

Que ele reconheça isto com humildade;

E procure seja restabelecida,

Com o Criador os laços da amizade.


Gilberto Celeti


“Disse a serpente à mulher... Deus sabe que, no dia em que dele comerem, seus olhos se abrirão, e vocês, como Deus, serão conhecedores do bem e do mal. Quando a mulher viu que árvore parecia agradável ao paladar, era atraente aos olhos e, além disso, desejável para dela se obter discernimento, tomou do seu fruto, e o comeu” (Gênesis 3.4-6)

terça-feira, 31 de agosto de 2010

A TENTAÇÃO DA SERPENTE – 2

O diabo se aproxima astucioso
Insinuando que Deus não era bondoso:
“Podem os frutos do jardim serem comidos?”
E aponta à Eva o fruto proibido.

“Se Deus fosse mesmo bom não proibia,
Pois com este alcançarão sabedoria”.
Tudo quanto Deus ao homem tinha suprido,
Foi na hora ignorado, esquecido.

Toda provisão que havia em abundância,
Não tinha naquele instante relevância;
Todo lícito era insatisfatório,
Desejável o proibido, o ilusório.

Até hoje é assim que age o tentador,
Que das coisas de Deus tira o valor,
Que transforma o proibido em atraente,
E como é o Pai da Mentira, então mente.

Gilberto Celeti

“É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim? Respondeu-lhe a mulher: “Do fruto das árvores do jardim, podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais.Então a serpente disse à mulher: É certo que não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal” (Gênesis 3.2-5).

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

TENTAÇÃO DA SERPENTE - 1

Deus com claras instruções
Deixou o homem orientado;
Deu-lhe ampla permissão
Para ser alimentado,
E só uma proibição
Cujo fruto, assinalado,
Se comido, a punição,
Mudaria do homem o estado.

Foram estas ordens torcidas
Pela astucia da serpente;
Suas palavras, proferidas,
Foram muito inteligentes;
E assim foi introduzida
Sutil tentação na mente,
Sua mentira, sendo crida,
Trouxe a queda, num repente.

De Deus a veracidade,
Questionou-se no momento,
Dúvida que a alma invade,
E influi no pensamento,
E, então, sua vontade,
E todo o seu sentimento,
Mechem com sua vaidade,
Há de Deus um afastamento.

E em desobediência
Foi o fruto apanhado;
Buscavam ampla ciência,
E o mal tinham abraçado;
E ganharam consciência,
De quão frágil o seu estado;
E pra sua descendência,
Inauguraram o pecado.

Gilberto Celeti

“Ora, a serpente era a mais astuta de todos os animais selvagens que o Senhor Deus tinha feito. E ela perguntou à mulher: “Foi isto mesmo que Deus disse: ‘Não comam de nenhum fruto das árvores do jardim?”(Gênesis 3.1).

sábado, 14 de agosto de 2010

A QUEDA

O amor, a alegria
E a paz do paraíso,
Foram embora num só dia,
Um funesto prejuízo!

É preciso que se entenda
Que um ato tão maldito,
Não é uma estória ou lenda,
Não é fábula e nem mito.

Há um homem envolvido
Numa história que é real,
Que a Deus não deu ouvido,
E a porta abriu pra o mal.

Sofrimento e tristeza,
E também a dura morte,
Passariam com certeza,
A ser dos homens a sorte.

Foi o homem afastado
Do alvo estabelecido.
Esta é a raiz do pecado:
Deus não foi obedecido!

Gilberto Celeti

“Comeste da árvore de que te ordenei que não comesses?” (Gênesis 3.11b)



sexta-feira, 13 de agosto de 2010

FORMAÇÃO DA MULHER

Adão anestesiado

Cai em sono tão profundo

Uma costela de seu lado

Mudará a face do mundo.


Deus mesmo é o cirurgião

E a mulher é então formada;

Deus a leva pela mão

E com o homem é deixada.


Adão fica extasiado

Vendo Eva tão formosa,

Com a companheira ao lado

A vida é maravilhosa.


Deles dois é que procede

Toda nossa humana raça,

Deus, tão sábio, lhes concede

Sua preciosa graça.


Gilberto Celeti


“Então o Senhor Deus fez o homem cair em profundo sono e, enquanto este dormia, tirou-lhe uma das costelas fechando o lugar com carne. Com a costela que havia tirado do homem, o Senhor Deus fez uma mulher e a levou até ele” (Gênesis 2.21,22).

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

PARCERIA HETEROSSEXUAL

PARCERIA HETEROSSEXUAL

Heterossexual é a parceria.
É um homem e uma mulher no casamento.
Não existe espaço pra poligamia,
Para o adultério não há cabimento.

Quando um homem deixa a casa de seu pai
E com a sua mulher assume um compromisso
Isto implica que é com ela só que vai...
E desta união nunca se torna omisso.

Este início é feito bem publicamente,
Todos sabem o que está acontecendo,
Vão tornar-se uma só carne alegremente

Na unidade sexual que acabam tendo.
Uma parceria assim é muito boa,
Uma união assim Deus abençoa!

Gilberto Celeti

“Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá a sua mulher, e eles se tornarão uma só carne” (Gênesis 2.24).

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

MACHO E FÊMEA

Quando Deus na criação
Viu que tudo era bom
Parece contradição
Que ao solitário Adão
Faltasse adequação.

Tinha Adão a cada dia
Com seu mundo harmonia
Mas faltava companhia
Verdadeira parceria
Completando a alegria.

Solidão não é defeito
Jesus sendo homem perfeito
Foi solteiro e satisfeito.
Ser tratado com respeito
É do solteiro o direito.

Mas foi abençoadora
A ação transformadora
Na costela provedora
Que trouxe uma auxiliadora
Uma bela co-gestora.

Não há base pra machismo,
Feminismo, lesbianismo,
Nem homossexualismo,
Viva o companheirismo:
Macho e fêmea com lirismo!

Gilberto Celeti

“O Senhor Deus declarou: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda” (Gênesis 2.18).

segunda-feira, 26 de julho de 2010

CRISTO A ÁRVORE DA VIDA

Era apenas uma simples proibição
Comparada com a ampla liberdade.
De uma árvore, somente, a restrição,
Das demais podia servir-se à vontade.

E das árvores que tinha permissão
Para usá-las, desfrutava da bondade
E do gozo de uma farta provisão
Que de Deus mostrava generosidade.

Uma árvore, a da vida, estava à mão,
Poderia ser comida, na verdade,
E o acesso a doce e eterna comunhão
Com Deus poderia ser realidade.

A do bem e do mal era uma provação,
Não havia nela qualquer propriedade.
Não obedecer a Deus era a questão
Que traria ao homem a calamidade.

Todo mal se resume numa ação:
De querer, sem Deus, ter sua liberdade;
Isto gera imediata maldição,
Isto inclina o coração para a maldade.

Desobediência leva à frustração,
Leva à morte, esta é a realidade.
A obediência leva à salvação,
Leva à vida e a ter com Deus intimidade.

Na história humana, desde a Criação,
Só um homem obedeceu com seriedade:
Jesus Cristo o Autor da eterna redenção
Para os que com Ele tem identidade.

“Aprendei de mim, de humilde coração,
Suas pesadas cargas e necessidades
Tirarei e lhes darei a salvação
Venham a mim, tomem meu jugo na verdade”.

Gilberto Celeti

“E o Senhor Deus ordenou ao homem: Coma livremente de qualquer árvore do jardim, mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente você morrerá” (Gênesis 2.16,17).

domingo, 18 de julho de 2010

CUIDADO DA TERRA




















Foi por Deus o homem criado,
Sobre a terra colocado
Para exercer domínio,
E não levá-la ao extermínio.

Perfeito ecosistema
Tem a terra, e o dilema,
É que o humano tirocínio,
Não a leve ao declínio.

Se há consumo exagerado
Se o recurso é esgotado,
Isto é puro latrocínio,
Leva a terra ao morticínio.

Explorar não é o lema!
Cuidar bem, este é o esquema!
Conservar o seu fascínio
Tem do cristão patrocínio.

Gilberto Celeti

terça-feira, 13 de julho de 2010

A BÊNÇÃO DO TRABALHO
















A semana tem início
E há trabalho pela frente
E o homem ao seu ofício,
Entrega-se alegremente.

E a sua atividade,
Feita com toda a energia,
E com criatividade,
Traz sentido a cada dia.

Esta o homem colocado
Num jardim por Deus plantado
Que precisa ser guardado
E também ser cultivado.

Deus nos dá a natureza
E esta a matéria prima,
Pra que o homem com destreza
Nela a sua marca imprima.

O trabalho é recebido
Como um imenso privilégio,
Não fazê-lo é entendido
Como um grande sacrilégio.

Gilberto Celeti

"Tomou, pois, o Senhor Deus ao homem e o colocou no jardim do Éden para o cultivar e o guardar" (Gênesis 2.15).

sexta-feira, 9 de julho de 2010

O DIA MAIS ESPECIAL

O DIA MAIS ESPECIAL

Quando no sétimo dia se encerra,
Tendo sido totalmente terminado,
Tudo quanto há nos céus e há na terra,
Sendo muito bom tudo o que foi criado.

Deus após o Seu trabalho realizado
Este dia sétimo então tomou
E fez dele um dia muito abençoado,
O santificou e nele descansou.

Cada dia, a qualquer outro, é muito igual,
E não sofre o dia nenhuma mudança,
Tão somente o uso dele é especial,
É um dia em seis aonde se descansa.

Na verdade para Deus é um Santo dia
É preciso com este dia ter cuidado,
Dia de honra, dia de muita alegria,
É preciso não fazê-lo profanado.

Há extremos para serem evitados:
Um é o de ficar preso a regulamentos,
Outro é estar do sábado bem descuidado.
Este dia é na semana um momento,

Quando muda a rotina e o vai e vem,
Pra descanso, pra lazer, pra adoração,
Pra buscar em Deus as forças para o bem,
E pra ter com o Criador mais comunhão.

Gilberto Celeti

“E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda a obra que,como Criador, fizera” (Gênesis 2.3).

segunda-feira, 5 de julho de 2010

AUTO ESTIMA COMEÇA NA ORIGEM


AUTO ESTIMA COMEÇA NA ORIGEM


Se o problema principal que existe é mesmo a auto estima

Que precisa ser formada dentro d’alma da criança,

A evolução é uma idéia tão estúpida e cretina,

Que deixa o ser humano na total desesperança.


Pois é como um animal que fica o homem colocado

Pelo instinto governado e sem ter qualquer moral;

Mas se o homem reconhece ter sido por Deus criado,

Sabe então que foi dotado de uma alma imortal.


E sua compreensão da vida totalmente o enobrece,

Percebendo então quão grande e alta é a sua dignidade,

Que ao Criador respeita, adora e busca pela prece

A Sua ajuda e a Sua força pra fazer a Sua vontade.


Faça, pois que a criança aprenda cedo esta lição

Ela foi por Deus criada pra ser com Ele parecida

E diante do Deus Trino Autor de toda a Criação

É que ela deve andar durante toda a sua vida.


Não é o humano só um bicho que prossegue sem destino

Tudo tem objetivo e tem significado

E o menino vê então de modo que é tão cristalino

Que é um nobre e belo ser e que ele é bem valorizado.


Gilberto Celeti


“Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou” (Gênesis 1.27).


quarta-feira, 30 de junho de 2010

RITMO E DESCANSO




RITMO E DESCANSO


Há na criação um ritmo que é sublime,
Um lindo trabalho em seis dias completado,
E um dia a mais pelo Senhor é acrescentado,
Pra que um dia de descanso então se legitime.

Devo trabalhar seis dias com denodo e empenho
Ver o realizado como algo bom e justo,
E um dia a mais guardar não importa qual o custo.
Este plano singular defendo e mantenho.

Pelo Deus Eterno foi o homem projetado
Que alcança aqui sua maior dignidade
Quando para tudo, e em espírito e verdade,

Olha para Deus, adora e está descansando.
Este dia de descanso não é enfadonho,
É restaurador, suave como alegre sonho.

Gilberto Celeti

"E, havendo Deus terminado no dia sétimo a sua obra, que fizera, descansou nesse dia de toda a sua obra que tinha feito. E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda a obra que, como Criador, fizera" (Gênesis 2.2,3)

sexta-feira, 25 de junho de 2010

SEXUALIDADE HUMANA



Dentro de um belo Projeto

É que o homem foi criado

Como um ser bom e completo

Com uma companheira ao lado.


Com Deus mesmo parecidos,

E por Deus abençoados,

Filhos seriam paridos,

Pelas terras espalhados.


Foram ambos convocados

Pra viverem em alegria

Tendo do mundo cuidado

Dominando em parceria.


Sexo com outro igual

Toda a raça elimina

É um câncer, é um mal,

O bom senso o abomina.


E se a sexualidade,

Pela queda corrompida,

Perde sua qualidade,

Fica sendo distorcida,


Através de Jesus Cristo

Até o sexo é restaurado,

E o Senhor trabalha nisto,

Ver o homem modelado,


Pra atingir a sua meta

De um andar honradamente,

Numa vida que é completa,

Homem e mulher tão somente.


Em perfeita harmonia

Não há superioridade,

Em Jesus há parceria,

Em Jesus há igualdade.


Gilberto Celeti


“Criou Deus o homem à Sua imagem... homem e mulher os criou” (Gênesis 1.27).



Você já acessou o meu SITE?

http://sites.google.com/site/conexaogilceleti/


Temporada Inesquecível para Crianças e Adolescentes é no Acampamento Boas Novas, em Mairiporã.

Tema de julho: MUITO MAIS QUE CAMPEÕES!

Mais Informações: http://sites.google.com/site/conexaogilceleti/julho---ferias-inesqueciveis



segunda-feira, 21 de junho de 2010

IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS


IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS

Foi criado para com Deus ser parecido,
Há no homem preciosas qualidades
Que o tornam totalmente distinguido,
Que o permitem ter com Deus intimidade.

Pode o homem apreciar o que é belo
Com seus olhos e também com seus ouvidos,
Tem em si um tão profundo e forte anelo,
Que o leva a amar e o deixa embevecido.

Tem desejos reais de relacionamentos,
Com outros seres forma laços de amizade,
Ter vontades, sentimentos, pensamentos
É a marca de sua personalidade.

De si mesmo tem o homem consciência
E bem sabe o que é certo e o que é errado,
Sabe que deve ao bem a obediência,
Sabe que o seu problema é o pecado.

Se o pecado tanto o tem desfigurado,
Tem o homem ainda tal dignidade,
Que merece ser, por todos, respeitado,
Que merece ser tratado com verdade.

Não se pode a Deus louvar e agradecer,
E com a mesma língua aos homens destratar,
Deus à Sua imagem foi que os quis fazer,
Neste alvo continua a trabalhar.

E na história o feito mais surpreendente,
Foi a vinda de Jesus a este mundo,
Sua vida e morte tornam evidentes,
Que o amor Deus pelo homem é mui profundo.

Pois tirou na cruz o que atrapalhava
De o homem ser com Deus mais parecido,
O pecado era o que o distanciava
E fazia do homem, então, um ser perdido.

Em Jesus é novamente restaurada
Esta imagem de Deus e a semelhança;
Nele é que a vida vai sendo moldada
Ser como Ele é o alvo e a esperança.

Gilberto Celeti

“Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou”

terça-feira, 15 de junho de 2010

LOUVOR SÓ AO DEUS CRIADOR!


LOUVOR SÓ AO DEUS CRIADOR!


Ó homem tão estúpido e louco,

Que aceita o que é vão e o que é morto,

Os seus ouvidos se tornaram moucos,

Seus olhos estão vendo tudo torto.


O erro que comete mais gritante,

É não reconhecer o Onipotente,

Que com Sua palavra flamejante

Criou tudo que existe e é Deus clemente.


Por seu poder a terra foi formada

E o mundo sabiamente foi firmado,

A amplidão do céu foi desdobrada,

Em tudo demonstrou grande cuidado.


E tudo fez conforme a Sua vontade,

E quando tudo estava completado

A marca evidente da bondade

Em tudo que há estava registrado.


Só este Deus, do mundo o Criador,

É digno de receber a glória,

A honra, e o poder, e o louvor.

Sem ele não existiria história.


E quando o homem ganha a consciência,

De como Deus é grande e Soberano,

Entrega a Ele toda a sua existência,

Submete-se ao Seu bondoso plano.


E fica tão somente agradecido

Por tudo o que Deus dá a cada dia.

E segue o seu caminho embevecido,

Com a alma em paz e cheio de alegria.


Gilberto Celeti


“No princípio, criou Deus os céus e a terra” (Gênesis 1.1).

“Os deuses que não fizeram os céus e a terra desaparecerão de debaixo destes céus. O Senhor fez a terra pelo seu poder; estabeleceu o mundo por sua sabedoria e com a sua inteligência estendeu os céus” (Jeremias 10.11,12).


segunda-feira, 14 de junho de 2010

HAJA LUZ!

HAJA LUZ!

Densas trevas no vazio predominando;
Foram, bem depressa, logo afugentadas,
Pois se ouviu, no caos, a voz que deu comando:
“Haja luz!” E a claridade foi formada.

Nenhum astro na imensidão brilhava,
Quando a luz, por Deus, foi estabelecida;
Era um tempo que ali se inaugurava,
De beleza e de glória sem medida.

É assim também no coração humano,
Dominado pelas trevas do pecado;
No vazio e tateando no engano,
Até ser pelo Senhor iluminado,

Que ordena: “Nas trevas se faça a luz!”
E uma nova criação se inaugura,
Conhecendo Deus na face de Jesus,
É que deixa a alma totalmente pura.

Por sua obra lá na cruz realizada,
Novo tempo, nova vida se inicia,
Sendo a treva do coração dissipada,
Fica cheio da verdade e da alegria.

Gilberto Celeti

“Disse Deus: Haja luz; e houve luz” (Gênesis 1.3)
“Porque Deus, que disse: Das trevas resplandecerá a luz, ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Cristo” (2 Coríntios 4.6).


segunda-feira, 7 de junho de 2010

O CAOS ORDENADO


Era a terra sem forma e vazia,

Um abismo de trevas tomado;

Eis então que com sabedoria,

Foi um Plano por Deus engendrado.


Um processo então principia,

Todo caos há de ser transformado;

E em períodos chamados seis dias,

Nosso mundo por Deus foi criado.


Sobre as águas então se movia,

O Espírito, e sendo ordenado

Pela voz poderosa que cria,


Foi do nada o universo tirado.

Pela fé, com temor e alegria,

Seja Deus pelo homem exaltado!


Gilberto Celeti


“No princípio criou Deus os céus e a terra. A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas” (Gênesis 1.1,2).


terça-feira, 1 de junho de 2010

100 formas de mostrar as crianças que você se importa

NO PRINCÍPIO


Três palavras tão somente
Dão princípio à narrativa
De um livro diferente
Cujas palavras são vivas

E também bem conclusivas:
“No princípio Deus”, compreenda,
É de Deus a iniciativa.
Não há nada que o homem empreenda

Que deixe Deus surpreendido,
Nenhum fato ou circunstância
Passam desapercebidos,
Tudo está em consonância,

Tudo segue um sábio plano,
Pelo Eterno projetado.
Deus glorioso, soberano,
Tudo foi por Ti criado,

Tudo tu tens sustentado!
Vão se embora anseios meus,
Totalmente descansado,
Tudo “no princípio Deus”!

Gilberto Celeti

“No princípio Deus criou os céus e a terra” (Gênesis 1.1 – o primeiro texto na Bíblia, a Palavra de Deus).

quarta-feira, 26 de maio de 2010

MONTES E VALES - CELEBRAÇÃO E INTERCESSÃO


São o riso e o choro dois ingredientes
Que no coração e no rosto estão presentes,
Não importa o local ou circunstância,
Há motivos para tê-los em abundância.

Há momentos tão sublimes nas montanhas
Quando a paz de Deus enche nossas entranhas
E no gozo da sua doce e real presença
Descobrimos que servir a Deus compensa.

Há momentos lá no vale mais escuro
Quando o sofrimento é um fato muito duro
Que chorar se torna então a alternativa
Pois não há esperança e nem perspectiva.

Há no vale rebeldia e egoísmo
E o pecado que arrasta para o abismo,
É impossível não ouvir tanto gemido,
De um povo escravizado e oprimido.

Mas não é só alegria que há no monte,
Quando diante de Deus inclina-se a fronte,
E choramos por todos que estão perdidos,
Pra que encontrem o Caminho, arrependidos.

E no vale mais sombrio há alegria,
De poder servir a Deus sendo um guia,
E poder testemunhar que há vida em Cristo,
E de ver que há muitos que estão crendo nisto.

Vou mantendo o equilíbrio na jornada
Para ter no monte a face iluminada,
E no vale desfazer a escuridão
Pra que em Cristo achem alguns libertação.

Eu não quero andar somente na montanha
Pois no vale a carência é tamanha.
Lá no pico o gozo da celebração...
E no vale o gemido da intercessão...

Gilberto Celeti

"Naqueles dias, Jesus se retirou para um monte a fim de orar; e passou a noite toda orando a Deus... Quando desceu... Jesus parou num lugar plano, onde havia um grande número de seus discípulos e também uma grande multidão... Eles tinham vindo para ouví-lo e serem curados das suas doenças; e os que eram atormentados pelos espíritos imundos ficavam curados. E toda a multidão procurava tocá-lo, porque dele saía poder que curava a todos". (Lucas 6.12-19)

segunda-feira, 24 de maio de 2010

JESUS ACIMA DE TUDO E DE TODOS


Neste mundo anunciemos com coragem
Que é Jesus quem tem em tudo a primazia;
Do Deus invisível é Ele a imagem;
Tudo quanto existe nEle principia.

Tudo quanto há no infinito universo,
Só por Ele e para Ele foi criado;
O fulgor de Deus está nele imerso,
Sobre tudo e todos Cristo é exaltado.

E Ele deu ao homem tal prioridade,
Que assumiu ser homem com a encarnação;
E tão frágil, lá na cruz, foi na verdade,
Que se deu pra nos trazer a redenção.

No Seu sangue a paz com Deus foi alcançada,
Nele o universo está reconciliado;
Os que crêem com a sua vida transformada,
Vivem agora para o Seu inteiro agrado.

Deus o Filho, Cristo, o inimaginável,
Sobre tudo e todos tem a primazia;
Seu amor por nós é grande, inigualável
É o amor que a salvação nos propicia.

E então firmes e na fé alicerçados,
A mensagem do evangelho anunciemos
Pra que cada povo seja alcançado
E assim a Deus, com glória, exaltemos.

É por isto que não há nada neste mundo
Que acima de Jesus possa estar posto,
Para Ele é o nosso afeto mais profundo,
E o maior desejo é um dia ver seu rosto.

Ser a Cristo obediente e serví-lo,
É questão de máxima prioridade
Cada dia contemplá-lo e ouví-lo,
Nos ajuda a crescer em santidade.

E a viver não de uma forma inativa,
Negativa, inexpressiva e vazia.
Pois a vida em Crito é superexpressiva,
Positiva, ativa e cheia de alegria!

Gilberto Celeti

Veja Colossenses 1.13-23.
O verso 19 diz: “...porque aprouve a Deus que, nele, residisse toda a plenitude”.

sábado, 15 de maio de 2010

O MISSIONÁRIO IDEAL


O missionário ideal
Tem um estilo de vida
Ao Senhor toda rendida;
Quem por Deus foi renascido,
Com o Espírito unido,
Tem vida cristã normal,
É de bênção um canal!

Nos atos mais rotineiros,
No comer e no beber,
Nosso jeito de viver,
Nosso jeito de vestir,
Deve sempre refletir
Que nós somos, por inteiro,
Testemunhas do Cordeiro!

E a visibilidade
Que então nós expressamos,
Onde quer que nós andamos
Mostrará de Deus, a glória,
E será a nossa história,
Uma prova da verdade
De Deus e de Sua bondade!

Esta vida é uma aventura
Pois é Deus quem nos conduz
Pra mostrarmos Sua luz,
E pessoas creram nisto:
Salvação somente em Cristo!
E que fiquem então seguras
Pelas mãos de Deus, tão puras!

Tudo isto só acontece,
Pelo Espírito que é Santo
Que nos enche e, portanto
Dá-nos plena comunhão,
Faz de nós sua habitação,
Nosso eu desaparece
É Cristo em nós que cresce!

Gilberto Celeti

“Quer comais, quer bebais ou fazeis outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus” (1 Coríntios 10.31).

quinta-feira, 6 de maio de 2010

ANTOLOGIA DE POESIA MISSIONÁRIA

Amados irmãos, é com grande alegria que apresentamos e disponibilizamos para download gratuito o livro eletrônico Antologia de Poesia Missionária.

A obra, organizada por Sammis Reachers, editor dos blogs Poesia Evangélica e Veredas Missionárias (entre outros), reúne belíssimos poemas de, sobre e para Missões, da lavra de diversos poetas evangélicos. O livro, de 108 págs. em formato PDF, traz ainda, como Apêndice, uma seleção de frases sobre Missões e Evangelismo.

Além de ser um subsídio devocional para edificação de toda a igreja, o livro objetiva ser uma ferramenta de auxílio a promotores de missões, pastores e missionários de todas as denominações, com poemas para serem declamados em cultos e eventos missionários, e publicados em sites, blogs, jornais e informativos de igrejas, missões e etc.

Baixe gratuitamente o livro, leia e compartilhe com seus irmãos. O livro não pode ser vendido, mas você pode redistribuí-lo eletronicamente, ou imprimi-lo para uso próprio ou distribuição a interessados.

E mais: Se você possui blog ou site, ou é responsável por site institucional (de Igrejas, Missões, Agências Missionárias, Ongs, etc.), convido-lhe a disponibilizar este livro a partir do mesmo, ajudando a promover o amor pela obra missionária, e edificando seus leitores. Não é preciso autorização prévia para isso, nem é necessário me comunicar.

PARA BAIXAR O LIVRO, Clique Aqui.


E se você está numa
lan house que não o permite, ou por qualquer outro motivo não pode fazer o download, leia o livro online, Clicando Aqui.

Que o Senhor nosso Deus lhe abençoe, e una-nos cada vez mais no objetivo de alcançar os inalcançados, estejam eles próximos ou distantes.






segunda-feira, 3 de maio de 2010

FAZER MISSÕES 2


Insubjugável e violento,

De demônios sujos possuído,

Era o cemitério e ao relento,

Onde, pra viver, tinha escolhido.


Muitas vezes preso e amarrado

Com pesadas e fortes correntes,

Tudo era por ele arrebentado,

Contemplá-lo era deprimente.


Percorria o cemitério aos gritos,

E com pedras ia se ferindo,

Homem perturbado e aflito,

Dele todos viviam fugindo.


Mas quando Jesus entrou em cena

Veio ao seu encontro este possesso,

E Jesus ao espírito ordena:

“Sai deste homem, deixa este recesso!”


Não apenas um, mas legião

De demônios, todos temerosos

Que chegara já a condenação,

De aos porcos irem, desejosos.


Cristo atende logo este pedido

Permitindo que dessem entrada

Nos porcos, que sendo possuídos,

Caem no mar e afoga-se a manada.


Os porqueiros fogem assustados,

E anunciam o fato a toda gente,

Todos chegam e vêem admirados;

Tem juízo o que era antes demente.


Não querendo ter Jesus por perto,

Pedem que dali logo se afaste.

Quer seguir com Cristo o liberto,

Mas Jesus quer que ele o tempo gaste,


Comunicando em toda cidade,

Aos vizinhos e aos seus parentes,

Como dele Deus teve piedade,

Como o salvou e fez dele um crente.


Gilberto Celeti


Após leitura de Marcos 5.1-20